sexta-feira, 20 de maio de 2011

COMUNHÃO: VERDADEIRA NATUREZA DA IGREJA!


Atos 2.42-47


 

No livro de Atos narra-se a experiência de vida da Igreja como sendo de comunhão (Koinonia) e, encontramos o registro histórico e de crescimento da Igreja Primitiva. Vê-se que a comunhão estava relacionada ao crescimento da Palavra de Deus e do testemunho. A vida comunitária da Igreja era vida de perseverança na comunhão.
A comunhão origina-se no crer: "todos os que creram". Significa que só estão juntos, só tem real comunhão os que creram. O apóstolo estava aqui falando da necessidade de crer e de se arrepender (At 2. 14-41). Assim sendo, não há comunhão fora de Cristo. Devemos estar agradecidos e reconhecer que fomos agraciados pelo bom Deus pois a Igreja é um lugar de vida e de relacionamentos.
A comunhão é a unidade dentro da comunidade. Os que creram foram unidos em Cristo. Não vivemos para nós mesmos, nem se auto-afirmando ou da justiça própria. Vivemos por causa da justificação em Cristo, quem fez uma família, um corpo (Ef 2. 18-20). A humanidade encontra-se dilacerada pelo pecado e marcada pela discórdia. Jesus, no entanto, é a nossa paz (Ef 2.14). Percebe-se uma notável capacidade de combinar a individualidade com a comunidade, a liberdade das partes com a unidade do todo sendo um caminho aceitável para resolver problemas éticos.
A comunhão promove serviço espiritual. Estamos juntos para poder servir-nos uns aos outros. Ser suporte um do outro (Cl 3.13), claro que não é no sentido de agüentar, e, sim, o de dar respaldo, ser uma base de sustentação. Daí vemos que na Igreja Primitiva tudo que os membros possuíam era para benefício da sociedade: "Vendiam as suas propriedades e bens...partiam pão de casa em casa, tomavam as suas refeições".
Os dias são confusos! A igreja é confundida com um clube de entretenimento, uma expressão social ou até mesmo política. Porém, a visão das Escrituras Sagradas aponta para aquilo que muito bem afirmou João Calvino, nas Institutas, que a natureza da Igreja é a comunhão dos santos. É a comunhão dos eleitos! Estamos unidos na fé e não na experiência, por isso, podemos servir com sinceridade uns aos outros e viver unidos em Cristo, e impactando o mundo com este modo revolucionário de vida.

2 comentários:

  1. Olá! Li sua mensagem falando sobre comunhão e utilizei um trecho para reflexão do meu espaço no boletim da minha igreja.Sou Rute Gomes, membro da I.B.Méier.Que Deus continue abençoando a sua vida e o seu ministério.
    No amor de Cristo,
    Rute

    ResponderExcluir
  2. Olá meus irmãos, graça e paz.

    Estou passando para informar, que gostei demais deste espaço, pois é mais uma oportunidade de aprendizado. Como sempre falo: Aprendendo uns com os outros crescemos na graça e no conhecimento, do nosso Senhor Jesus Cristo.
    Gostaria também de divulgar o nosso Blog,
    Ficaremos felizes em vossa visita, mais ainda se seguir-nos.

    “ Mensagem Edificante para Alma”
    http://josiel-dias.blogspot.com/

    Josiel Dias
    Conselho Missionário
    Congregacional
    Rio de Janeiro

    ResponderExcluir